quinta-feira, 3 de março de 2011

Busca do vestido em Dubai


Como eu disse, eu fiz uma viagem de trabalho para os Emirados Árabes e enloqueci ao descobri que lá tinha uma loja oficial da Pronovias!

Depois de vários dias de pesquisas na internet, descobri várias dicas pra comprar vestido de noiva lá. As melhores lojas estão em Dubai, inclusive a Pronovias. Pelo site da Pronovias agendei uma visita logo pro meu primeiro dia lá.


Próximo a data do meu embarque, liguei pra loja de Dubai pra confirmar o meu horário e pra perguntar se eu podia comprar e levar o vestido na hora, sem ter que encomendar e esperar chegar. A mulher falou que sim e perguntou quais modelos eu queria experimentar. Infelizmente a maioria dos que eu tinha gostado não tinha lá, tipo o Fresno e o Malásia, meus favoritos. Mas ela disse que havia outros e que poderia encomendar caso eu fosse querer muito, então resolvi ir mesmo assim.

Primeiro arrumei uma confusaozinha básica no meu trabalho porque a mulher que cuida do transporte dos funcionários queria porque queria que eu pegasse o onibus de Dubai pra Abu Dhabi no sábado de manhã, o que impediria a minha ida à Pronovias de Dubai de tarde. No way!!!!

Sem contar que eu ia acabar de chegar de um voo de mais de 18h e ter que acordar cedo no dia seguinte pra ir pegar o onibus da empresa no aeroporto.

Insisti com a mulher que poderia muito bem pegar o onibus no final do dia e tal. Mas a mala falou que não.

Fiquei naquele dilema a semana toda. Cheguei em Dubai morta e de TPM. Depois de falar com a familia, desabei na cama e só acordei na hora que eu deveria estar subindo no onibus.  Inconsientemente eu sabotei a minha ida pra Abu Dhabi naquele onibus.

Liguei pra empresa e outra pessoa de transportes atendeu, falei que tinha perdido a hora e tal, o cara nem falou nda, só confirmou que eu podia pegar o onibus das 6.
Ótimo, grande problema resolvido. Corri pra pegar o finalzinho do café-da-manhã, fiz check-out e fui pro Dubai Mall, o maior shopping do mundo, onde tem a loja da Pronovias!!!  Esse shopping é maravilhoso e vc vai precisar de uns dois dias pra olhar ele todo. Tem lojas pra todo tipo de bolso e pra te deixar louca, de Louis Vitton, Channel e Giorgio Armani até Zara, Sephora e Century 21.

A Pronovias fica justamente no corredor elite do shopping na Fashion Avenue. Tem um átrio lindo, com um lustre de origamis maravilhoso, tentei tirar umas fotos, mas não retratam como é lindo.



Cheguei cedo, dei uma olhada nas lojas, fiquei na porta da Pronovias esperando a mulher que ia me atender chegar e namorando os vestidos da vitrine.


Escolhi uns para experimentar, mas nao gostei de nenhum no corpo. Não tinha o Malasia, nem o Fresno e para encomendar eu teria que comprar com certeza. E ainda ia ter que pagar um frete expresso pra chegar antes de eu ir embora. Resumindo, ia dar uns 10.0000 dirhans, uns 5.000 reais e no caso do Fresno eu teria que comprar sem ter experimentado. Já é arriscado fazer isso com roupas normais, imagina com o seu vestido de noiva! Ver na modelo não é a mesma coisa que experimentar. E o Malasia nao valia a pena, pois iria ser melhor alugar na La Novia, pois apesar de não ficar com ele, ia sair mais barato e iria ser ajustado para mim.

Como tinha feito uma pesquisa das lojas de noivas de Dubai e tinha um tempinho extra antes do onibus, fui até uma outra loja, a Frost.

Ficava bem longe do Dubai Mall, mas foi bom pra dar uma voltinha pela cidade. Peguei um taxi e fui pra Frost. Eu não tinha horário marcado, mas as vendedoras deram um show de simpatia (ao contrario de muitas aqui no Brasil) e me atenderam mesmo assim.
Tinham uns vestidos bonitos, de marcas muito boas, mas eram todos ou colados no corpo ou estilo cinderela. Sem contar o preço.  Foi quando vi uma arara isolada com uma placa de SALE. Perguntei na hora e aqueles ali? A moça disse que era liquidação e me mostrou. Gostei de um da La Sposa, o modelo chama-se Marta. Era tomara que caia, mas vinha por cima uma renda que fechava no pescoço. Era lindo (tinha um lacinho channel embaixo do seio, como eu gosto), mas por ser todo fechado ficava muito sério. A moça sugeriu cortar a renda em cima e faze-lo tomara que caia mesmo, chamou a costureira e elas colocaram de um jeito que eu pudesse ver como ficaria. Elas iriam fazer os ajustes e ficaria pronto antes de eu voltar pro Brasil. Gostei muito, mas como eu tava sozinha fiquei meio insegura. Era 7500 dirhams o que saía uns 3750 reais.




A vendedora me deu a ideia de tirar fotos pra eu mandar pra minha mãe e voltar pra decidir. Não disse que deram um show de simpatia!!! Como estava de turista em Dubai, eu tava com a minha máquina na bolsa e ela tirou várias fotos minhas.  (só nao vou postar aqui pq o noivo não pode ver!)
Fiquei com muita vontade de achar o vestido nessa loja, todas as pessoas lá foram tão simpáticas e atenciosas, se fosse no Brasil eu iria voltar lá várias vezes!! Fica a dica pra quem for a Dubai e estiver pra se casar… E de lição pras lojas brasileiras, tem uma no Rio que eu fui tão mal-tratada que não quero voltar lá tão cedo, a sorte deles é que os vestidos são bonitos.  Mas isso é assunto pro próximo post.
Quando saí da Frost eu penei pra arranjar um taxi que me levasse pro hotel.  Foi o único momento que eu fiquei apreensiva nos emirados arabes. Eu tava sozinha, num bairro totalmente distante, um calor, com uma mochila pesada com laptop, de roupas totalmente ocidentais, sem falar uma palavra em árabe, sem celular que funcionasse e tendo que voltar correndo pra poder dar tempo de ir pegar o onibus pra Abu Dhabi. Nessa hora que eu vi como eu sou maluca de ir metendo a cara num país que eu não conheço. Graças a Deus, lá é um pais super seguro e no final deu tudo certo.
Depois de fazer sinal para 500 taxis, tentar pegar um onibus (só se vc tiver o passe, e quem não tem compra onde? ), consegui  a ajuda de um senhor que fez sinal pra um taxi pra mim. Acho que os taxis não estavam parando porque eu sou mulher e tava sozinha, não sei… Eu já tava ali há muito tempo e nada.
Pra piorar o motorista não sabia onde era o meu hotel, nem o bairro do hotel ele conhecia! Achei meio estranho isso, achei que ele estava querendo era me enrolar e aumentar o tempo de corrida. Odeio quando isso acontece e fico muito irritada. Fiquei argumentando, mas como que o senhor não conhece esse bairro??, ele falou que não sabia e que era pra eu descer então. Eu descer? Depois daquele sacrificio todo, nem pensar. Bora pro Dubai Mall então, o Dubai Mall você conhece, né moço? Só faltava ele dizer que não.
Depois no shopping tinha ponto de taxi e eu peguei outro até o hotel, que não ficava nem 5 minutos dali.
E encerraram as minhas buscas de vestidos em Dubai… Procurei umas lojas em Abu Dhabi e nada tbm. Tive que voltar pro Brasil de mãos abanando….

Continua…

P.S.: Adorei Dubai e Abu Dhabi e já estou programando um post com dicas para quem quer viajar pra lá!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Made by Lena